Header Ads

Treino em Circuito Funcional





Olá, eu sou a Dani e esse texto fala sobre Treino em Circuito Funcional. Antes de começar a lê-lo, siga o blog nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter. Você também pode entrar nos grupos de Whatsapp ou no grupo do Telegram . Agora, vamos à leitura!



Os exercícios do treinamento funcional normalmente são realizados em circuitos, o que estimula a melhora cardiorrespiratória, além de promover maior resistência física. Para que a pessoa sinta benefícios do treinamento funcional, é importante que seja feito sob orientação de um profissional de educação física, pois assim é possível que seja construído um circuito de acordo com os objetivos da pessoa.

As aulas podem ou não utilizar acessórios. Os exercícios, embora não utilizem necessariamente aparelhos de musculação, são mais complexos do que treinos de musculação, não são raras às vezes em que é executado de forma errada, por isso a supervisão de um profissional é importante.

Os tipos de exercidos são apoios, abdominal, prancha, corrida, pular corda, agachamento unilateral, levantamento, desenvolvimento de ombros, elevação lateral para ombros e deslocamento entre cones, com ou sem acessórios, e muitos outros.

É importante entender que o circuito deve ser definido de acordo com seus objetivos, assim como qualquer treino funcional. Nossos alunos geralmente o percebem como uma forma de perder peso ou se exercitar de uma maneira mais dinâmica, mas nós sabemos que vai além disso.

O ideal é que a grande parte dos exercícios deve ser feitos de pé e movimentando várias articulações ao mesmo tempo. Com atenção principalmente no desenvolvimento dos grupos estabilizador do quadril, da coluna e do ombro.

Para que haja um maior gasto calórico, o treinamento precisa ser executado em circuito, quando cada exercício deve durar de 30 a 60 segundos, passando em seguida para o próximo exercício.

Ao terminar um ciclo de circuito, descansar por um ou dois minutos e realizar o próximo ciclo de circuito. Para potencializar os resultados, você pode fazer abdominais nesse intervalo de um a dois minutos, ou seja, no intervalo de cada circuito realize uma série de abdominais.

Os movimentos funcionais continuam sendo a base do exercício e devemos tomar muito cuidado na escolha, como veremos mais à frente. Podemos escolher movimentos que auxiliem a melhorar as habilidades funcional do aluno, como:

  • Resistência cardiovascular
  • Força Muscular
  • Resistência Muscular
  • Flexibilidade
  • Coordenação motora
  • Equilíbrio

Quem trabalha com aula completamente em formato de circuito precisa lembrar que ele não deve ser tão específico. Devemos contemplar exercícios que trabalham todos, ou quase todos, os fatores mencionados acima.

Os exercícios funcionais podem ser realizados em qualquer espaço e são rápidos, podendo os circuitos variarem de 20 a 40 minutos de acordo com o tamanho e quantidade de séries a serem realizadas. É importante que a prática dos exercícios funcionais seja acompanhada por um profissional de educação física para que os exercícios sejam realizados da forma correta e intensa para ter benefícios.

Para finalizar, muitos profissionais sentem dificuldades em variar seus treinamentos. O guia "Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino"  foi elaborado com 200 exercícios de Treinamento Funcional que são excelentes fontes para acadêmicos de Educação Física, Personal Trainer e Preparadores Físicos e atletas. Clique aqui e saiba mais!


Você não pode perder:

Kettlebell, Macebell e Clubbell - Treinamento Funcional em Alto Nível
Planos de aulas e atividades para Educação Física Escolar
Educação Física em casa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.