Header Ads

Dieta da proteína traz aumento de massa magra?





Olá, eu sou a Dani e esse texto fala sobre Dieta da proteína traz aumento de massa magra?. Antes de começar a lê-lo, siga o blog nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter. Você também pode entrar nos grupos de Whatsapp ou no grupo do Telegram . Agora, vamos à leitura!




A dieta da proteína é baseada em uma restrição alimentar e nutricional, focando em uma maior ingestão no grupo das proteínas (carnes e leguminosas, principalmente), reduzindo e/ou até eliminando carboidratos em alguns casos. Algumas delas também podem ter diferentes fases, onde são excluídos e reintroduzidos alguns tipos de alimentos.

A maioria das pessoas associa há muito tempo a proteína ao ganho de massa muscular. E está correta. Exercícios baseados na força provocam a quebra de proteína no tecido muscular. E, para os músculos ficarem mais fortes, as proteínas precisam ser reconstruídas. A leucina, um tipo de aminoácido, desempenha um papel particularmente importante nesse processo, desencadeando a síntese proteica.

Para um ganho de massa magra, ou seja, hipertrofia muscular, é importante ter o consumo adequado de todos os grupos alimentares. As proteínas junto aos carboidratos colaboram para um melhor resultado, visto que contribuem para recuperação muscular, para a melhora do desempenho físico no próximo treino e síntese de massa magra. Como a dieta da proteína é baseada em uma restrição alimentar e nutricional, focando em uma maior ingestão no grupo das proteínas e reduzindo e/ou até eliminando carboidratos em alguns casos, acaba não sendo uma boa opção para quem procura uma hipertrofia muscular. No entanto, para o ganho de massa magra de forma eficaz e saudável, é fundamental o acompanhamento junto a um nutricionista.

A definição da melhor proporção de ingestão proteica ainda é desconhecida e se tratando de praticantes regulares de exercícios, atletas amadores e de elite é preciso cuidado para não negligenciar a utilização de carboidratos. É preciso avaliar a fase e o tipo de treinamento e o período de competição. 

O carboidrato é fonte de energia básica para atividades do dia a dia e na prática esportiva, o consumo adequado é fundamental para manter os níveis de glicose sanguínea, os estoques de glicogênio muscular e hepático durante o exercício, a reposição das reservas de glicogênio na fase de recuperação e manutenção do sistema imune.

Você não pode perder:

Kettlebell, Macebell e Clubbell - Treinamento Funcional em Alto Nível
Planos de aulas e atividades para Educação Física Escolar
Educação Física em casa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.