Header Ads

Licenças para trabalhar com o Futebol





Olá, eu sou a Dani e esse texto fala sobre Licenças para trabalhar com o Futebol. Antes de começar a lê-lo, siga o blog nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter. Você também pode entrar nos grupos de Whatsapp ou no grupo do Telegram . Agora, vamos à leitura!




O futebol é o esporte mais praticado no Brasil e é claro que é uma importante área de atuação da Educação Física.

Na graduação você aprende os fundamentos do esporte e também matérias relacionadas à fisiologia e anatomia. Isso é bem importante. Porque além de saber táticas e técnicas, um bom técnico deve conhecer bem como um corpo funciona, para pedir exatamente o necessário. Claro, nos grandes clubes existe toda uma equipe preparada para essa parte e que te auxiliará. Mas algo me diz que se você fosse um técnico (ou técnica), não começaria dirigindo a seleção brasileira.

Lembrando que para competições oficiais da CBF é indispensável ter a graduação.

Pós-Graduação

Não é algo exigido, mas se quiser pode ter também. Inclusive já existem cursos destinados única e exclusivamente para aperfeiçoamento nessa área, como é o curso "metodologia da aprendizagem e treinamento do futebol e do futsal".

Licenças

A CBF disponibiliza cursos para capacitação profissional de quem deseja ir além nessa dura e árdua profissão. Claro que é necessário que você já tenha se formado, esse é um dos requisitos básicos. Além disso, o seu currículo será analisado para ver a possibilidade de ingressar em cada uma das capacitações. Ao todo, são 4 licenças: Licença A, B, C e PRO. Veja o que cada uma habilita abaixo:

Licença C

Essa licença é para quem tá afim de aprender mais e se capacitar a ser um técnico de futebol para crianças e adolescentes. Aqui você vai aprender a como estimular o desenvolvimento infantil e como ensinar o futeba pra rapaziada – e meninada também.

Licença B

Com a licença C em mãos, você pode agora partir para a B. Aqui você poderá se habilitar a treinar equipes da categoria de base. Então o nível de exigência vai ser um pouco maior. Inclusive aqui serão mais horas de curso e matérias voltadas exclusivamente ao treinamento de categorias de base,

Licença A

Agora que você já sabe treinar bem um time de base, chegou a tua hora de brilhar com a gente láááá nos times profissionais. Com a licença, ser um treinador de futebol vai ficar ainda mais possível se o seu objetivo for os grandes holofotes. Matérias como treinamento de alta performance, psicologia, montagem de elenco e até um módulo especial para saber como lidar com a imprensa.

Licença PRO

Qualificar o profissional que atua ou deseja atuar no futebol na condição de treinador em equipes profissionais, para uma prática competente e atualizada cientificamente alicerçada em bases de natureza ética e científica.

Pré-Requisitos
Durante o processo de inscrição, o aluno convidado deverá enviar os seguintes documentos:

Ensino Médio Completo e Diploma de curso da Licença A

Para resumir

A Licença C serve para Escolas de Futebol, enquanto a B é para categorias de Base. Já a A é para técnicos das categorias profissionais, finalmente a PRO é apenas para convidados!

Em qualquer país da América, os preços médios somados de todos os níveis ficam em torno de 40 a 50 mil reais, pensando também nas despesas de deslocação e talvez estadia. O gasto pode diminuir, caso o indivíduo não queira fazer todas as fases.

Cada candidato a treinador tem seu currículo avaliado para ver se cumprem os requisitos mínimos para adentrar no respectivo nível.

Técnicos como Felipão, Luxemburgo, Abel Braga, Joel Santana, por terem mais de 60 anos e acumularem minimamente 50 pontos durante o ofício já recebem a Licença Honorário, sem precisar de maiores certificações.

Você não pode perder:

Kettlebell, Macebell e Clubbell - Treinamento Funcional em Alto Nível
Planos de aulas e atividades para Educação Física Escolar
Educação Física em casa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.