Header Ads

Pais não devem influir na escolha do esporte da criança






http://blog.kanui.com.br/wp-content/uploads/2014/08/1016738_436660443116828_1054375832_n.jpg
Quem nunca foi a uma competição escolar e presenciou a cena de um pai ansioso demais com o desempenho do filho e brigando com o filho? Ou simplesmente torcendo num tom diferente dos demais?
Como técnica de esportes, já presenciei algumas cenas que merecem discussão. Muitas vezes, a criança entra em determinado esporte por pressão do pai. Não é uma coisa saudável. O ideal é deixar ela escolher o esporte que quiser, de maneira independente. Como não há idade para que a criança comece no esporte, muito menos uma modalidade específica, o ideal é que a a criança queira fazer o esporte.
Entre os quatro e os seis anos de idade, a criança deve começar a ter contato com o esporte de maneira prazerosa, divertida, como se fôsse uma brincadeira. Ela deve aprender a correr, saltar e pular, pedalar ou praticar alguma atividade física em grupo, sem nenhum compromisso maior.
Nessa idade, a criança deve experimentar várias modalidades esportivas, sem obrigação de aprender suas técnicas específicas. Com aproximadamente oito anos, é bom deixar que ela se oriente e direcione para determinado esporte, de acordo com suas habilidades, desejos e preferências.
A ansiedade dos pais por essa escolha só vai fazer a criança não ter o desempenho legal na modalidade. E acabar criando frustração.
Até a próxima!



Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Você não pode perder:

Entre nos grupos de WHATSAPP
Planos de aulas e atividades para Educação Física Escolar
Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.