Header Ads

Treinamento de Voleibol na Pandemia





Olá, eu sou a Dani e esse texto fala sobre Treinamento de Voleibol na Pandemia. Antes de começar a lê-lo, siga o blog nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter. Você também pode entrar nos grupos de Whatsapp ou no grupo do Telegram . Agora, vamos à leitura!




O Voleibol requer condicionamento físico específico que influencia extremamente o rendimento do jogador. Por essa e outras razões requer planejamento, compromisso para com o alcance das metas e, sobretudo, bastante disciplina. Quer dos treinadores quer dos atletas.

A Pandemia do Covid-19 veio para mudar a forma de se preparar fisicamente dos atletas. Com os centros de treinamento, academias e clubes fechados, manter a forma com exercícios em casa tem sido a alternativa adotada pela maioria. Mas, no caso dos atletas de modalidades coletivas ou de esportes de duplas, a situação torna-se um pouco mais complicada, pois manter a forma é só uma parte da equação. Para ter sucesso, nesses casos, é preciso o trabalho em grupo, o que não pode ser realizado no momento.

Atletas, técnicos e fisioterapeutas tentam adaptar sua rotina por telemedicina, mas com certeza não é o mesmo rendimento.

O lado técnico está comprometido pois ficar sem treinar com a bola faz com que o o atleta perca um pouco do feeling, aquela sensação de tocar a bola  que é muito importante no treino do dia a dia.

A propriocepção que é desenvolvida pelos diversos posicionamentos na hora do treino em equipe é diminuída. Por isso, o atleta tende a ficar mais lento e com a agilidade e os movimentos de reflexos comprometidos. A área neural é muito estimulada o tempo todo em parceria com a física. Com pouco treino físico não há evolução neural para vencer os próprios limites.

Neste momento de pandemia e perda de condicionamento físico, potência e até agilidade, a genética vai ajudar a manter os feelings naturais de cada um. Focar nos pontos fortes do atleta é importante, sua capacidade diferenciada natural pode ser melhor com pouco treino e isso é preservado e melhorado com pouco esforço, pois está no DNA individual.

É momento de pensar no seu melhor individual para surgir uma nova equipe com suas habilidades naturais e a partir daí o técnico fazer seu planejando com o material humano que ele tiver naquele momento! Não é um trabalho fácil para o treinador físico.




Este curso vai proporcionar a você ter total conhecimento: Técnicas, procedimentos, metodologia, oportunidades, criatividade relacionados aos fundamentos do voleibol como saque, toque, manchete, levantamento, ataque, defesa e bloqueio.Aprenderá como montar treinos para suas equipes sendo elas escolares, de comunidade e clubes. Clique aqui e saiba mais!
 

Você não pode perder:

Kettlebell, Macebell e Clubbell - Treinamento Funcional em Alto Nível
Planos de aulas e atividades para Educação Física Escolar
Educação Física em casa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.