Header Ads

Músculos que atuam na cintura escapular







http://3.bp.blogspot.com/-pUmB9baqczQ/UZ8wmWvvAnI/AAAAAAAAAuQ/7X8mtlncfDA/s1600/cintura+escapular+musculos.jpg

Listaremos abaixo alguns músculos que atuam na cintura escapular, que fixando-a, quer movendo-a:

Músculo

Ação

Trapézio ( porção superior )

Levanta a escápula e auxilia na sustentação da abdução do ombro com o indivíduo em prono

Trapézio ( porção inferior )

Roda superiormente, aduz e estabiliza a escápula

Rombóide Maior

Aduz, estabiliza e roda inferiormente a escápula. Também eleva a escápula.

Rombóide Menor

Idem acima

Levantador da escápula

Eleva a escápula

Peitoral Menor

Abaixa a escápula

Serrátil Anterior

Estabiliza, aduz e roda a escápula para cima

Subclávio

Estabiliza e abaixa a cintura escapular

Peitoral Maior

Flexiona, aduz e roda medialmente o braço

Grande Dorsal

Estende, aduz e roda medialmente o braço

Deltóide

Aduz o braço atuando como um só músculo. Cada uma de suas porções têm ações particulares

Deltóide – fibras anteriores

Flexionam e rodam medialmente o braço

Deltóide – fibras posteriores

Estendem e rodam lateralmente o braço

Supra – espinhal

Abduz o braço

Infra – espinhal

Roda lateralmente o braço

Subescapular

Roda medialmente o braço

Redondo Maior

Aduz, estende e roda medialmente o braço

Redondo Menor

Roda lateralmente e estende o braço

Coracobraquial

Flexiona a aduz o braço

Tríceps

Estende o braço

Bíceps

Flexiona o braço

Mobilidade da Cintura escapular

As articulações da cintura escapular são muito instáveis o que permite um amplo movimento os quais podemos citar: Flexão; Extensão; Abdução; Adução; Rotação Interna e Externa; Abdução horizontal e Adução Horizontal.

Ritmo escápulo – umeral

Este é um ponto muito importante no estudo da cintura escapular e ombro, já que este ritmo escápulo – umeral está diretamente relacionado com as amplitudes de flexão a abdução do ombro.

Como já mencionamos anteriormente, estes movimentos possuem a amplitude de 180o de ADM e, devemos ressaltar que a articulação glenoumeral por si só não permitiria esta amplitude tão elevada, sendo clara a necessidade de mobilização da escápula para estes movimentos serem executados.

Muitos estudos demonstraram que o sincronismo entre a cintura escapular e a articulação do ombro é muito fino e preciso, permitindo a realização destes movimentos. A este sincronismo atribuiu – se o nome "ritmo escapulo – umeral".

O ritmo escapulo – umeral consiste em uma variação de 2:1, ou seja, para cada 3 graus de flexão ou abdução de ombro que um indivíduo realiza, 2 graus são da articulação glenoumeral e 1 a rotação da escápula.




Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Você não pode perder:

Entre nos grupos de WHATSAPP
Planos de aulas e atividades para Educação Física Escolar
Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.