Header Ads

A importância da prancha isométrica






http://imguol.com/2012/09/06/abdominais-isometricos-1346961270419_956x500.jpg

Exercício isométrico é uma forma de treinamento de resistência, no qual o aluno usa os músculos do corpo para exercer uma força contra um objeto imóvel ou também manter o músculo em uma posição fixa por uma duração de tempo determinada. Neste tipo de exercício, o músculo é contraído mas não muda de extensão enquanto a força é exercida. Adicionalmente, a articulação mais próxima associada ao esforço permanece estática ao longo de toda a duração do exercício. Outras considerações, quando você executar exercícios isométricos, incluem o tempo de duração em que cada ação é mantida, assim como o ângulo da articulação quando a ação é formada. Mas, quando o peso do corpo é usado como resistência, são necessárias durações longas de mais de 10 segundos
Exercícios de prancha são exercícios populares de treinamento isométrico, que envolve a contração dos músculos contra uma resistência fixa. Os exercícios isométricos são comuns para a reabilitação de lesão ou recondicionamento. Exercícios de prancha, em especial, beneficiam vários elementos de aptidão física e seu bem-estar geral. A prancha isométrica está entre os exercícios que mais gosto de passar para meus alunos e clientes. Importante lembrar que como os exercícios de contração isométrica trabalham somente a angulação em que a articulação está flexionada, para uma completa recuperação é necessário trabalhar a contração isométrica de forma multiangular.

O exercício de prancha ajuda a fortalecer a parte central do corpo. Pranchas também fortalecem os músculos do núcleo interno que suportam as articulações. Os músculos reto abdominal e transverso do abdômen que formam o exterior e interior da musculatura abdominal, respectivamente, são os que sustentam os exercícios de prancha, principalmente. Os oblíquos abdominais também estabilizam a posição da prancha isométrica. A prancha isométrica para trabalho abdominal pode ser ainda mais desafiadora quando se elimina um ou dois apoios, ou seja, o movimento é mantido estável apenas com um dos braços e os dois pés apoiados no chão ou bola, ou ainda com os dois braços apoiados e apenas um dos pés. Nestes dois exemplos a força isométrica aumenta consideravelmente, exigindo mais das musculaturas estabilizadoras.
 Ainda um outro exemplo de prancha mais avançado é eliminar dois apoios, um braço e um pé, sempre alternados, ou seja, se sustentar o braço direito, sustenta-se o pé esquerdo, e vice-versa. Neste caso a musculatura será extremamente exigida, mas com excelentes resultados.
Com ajuda daqui



Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Você não pode perder:

Entre nos grupos de WHATSAPP
Planos de aulas e atividades para Educação Física Escolar
Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.