Header Ads

Aspectos da avaliação da Capacidade Cardiorrespiratória










Para obter uma avaliação funcional é necessário colher informações quanto ao estado de saúde do avaliado, diagnosticar as potencialidades e as deficiências referentes às capacidades físicas relacionadas à prática do desporto, orientar o trabalho individualizado, servir como feedback durante o processo de treinamento e servir como processo educacional pelo qual o avaliado aprende a compreender melhor o seu corpo.

Os testes são realizados para avalia e os resultados são usados prescrever treinamento mais eficiente. Os resultados nos teste de avaliação devem ser analisados de forma geral e não isolada. Fatores que influenciam a escolha dos testes são força, flexibilidade, resistência e velocidade.

A Capacidade cardiorrespiratória é  a capacidade de realizar exercícios dinâmicos, que envolve grandes grupos musculares em intensidade moderada a alta por períodos prolongados, sendo assim, um dos componentes mais importantes da aptidão física.

A função cardiorrespiratória depende da presença de um aparelho respiratório e cardiovascular eficientes, de componentes sanguíneos adequados, além de componentes celulares específicos que auxiliem o corpo a utilizar oxigênio durante o exercício.  Quanto maior for consumo máximo de oxigênio, melhor o funcionamento do coração, pulmão e vasos, influenciando diretamente na qualidade de vida. No entanto, quanto maior for a prática de atividade física, principalmente as de natureza aeróbia, maior será o condicionamento cardiorrespiratório do indivíduo, que pode ser representado pelo aumento do consumo máximo de oxigênio e por uma recuperação mais rápida dos parâmetros de pressão arterial e frequência cardíaca após o esforço.

A aptidão aeróbia é um componente relacionado à saúde do ser humano e pode ser medida através de métodos diretos ou indiretos, com protocolos máximos (a partir de 90 % FC) ou submáximos (até 80% FC). Eles variam desde os mais caros e dispendiosos realizados em laboratório, até os de campo, que tem como objetivo estimar o consumo de oxigênio e classificar o nível de aptidão cardiorrespiratória.

Os protocolos para avaliação da aptidão cardiorrespiratória podem ser diagnósticos ou prescritivos, de acordo com a intenção do avaliador e necessidade do praticante. As avaliações utilizadas para prescrição precisam de equipamentos especializados, como a espirometria. Outra forma de prescrição é através da frequência cardíaca de reserva, pela sua relação direta com o VO2 máx.

10 cursos do Avaliação pelo preço de 1!
Para ter segurança de avaliar o seu aluno/paciente usando vários aspectos a serem analisados, eu recomendo um combo maravilhoso com 10 cursos de Avaliação com o preço de 1. Aproveite e clique aqui!
Se avaliação é um assunto que te interessa, tenha artigos gratuitos de avaliação de Educação Física. Clique aqui!



Você não pode perder:

Entre nos grupos de WHATSAPP
Planos de aulas e atividades para Educação Física Escolar
Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.