Header Ads

Educação Física, Saúde e Qualidade de Vida: Uma busca por novos caminhos






A educação física é uma disciplina de caráter teórico-prático que trata de assuntos relativos a cultura do movimento humano. No seu corpo de conteúdos podem ser abordados assuntos relacionados à saúde, valores éticos, sociais e políticos do corpo, da atividade física e do esporte, bem como a própria prática dos esportes, das danças, das lutas e dos jogos.

A educação física deve proporcionar informações e estimular os estudantes à adoção de comportamentos favoráveis para a manutenção ou aprimoramento de componentes do estilo de vida relacionados à saúde. Para isso, se utiliza do processo de ensino-aprendizagem através de vivências sistematizadas de diversas dimensões da cultura do movimento humano.

A educação física está estruturada em componentes que contribuem para a saúde e qualidade de vida, no entanto diversas investigações têm questionado as suas intervenções "educacionais" no que se refere à garantia de um contexto que promova não só o desenvolvimento de habilidades físicas, mas também de habilidades cognitivas, afetivas, e sociais que por fim reflitam em comportamentos mais conscientes e positivos em relação à saúde e qualidade de vida.

A educação física em nosso sistema de ensino, geralmente é caracterizada pela prática de exercícios físicos ou práticas esportivas desprovidas de um planejamento educacional com objetivos claramente estruturados, uma metodologia bem fundamentada e uma avaliação criteriosa. Isso contribui para construção de uma concepção técnico-esportiva que permanece hegemônica na educação física, reproduzindo e reforçando através do esporte, um modelo de homem e sociedade excludente, alienante e pouco significativo em termos de valores para a qualidade de vida.

Na educação física percebe-se, em determinados momentos e práticas, uma aversão ao teórico e a reflexão crítica e com isso ela perde o seu sentido mais amplo para vincular-se quase que exclusivamente ao modelo de esporte de rendimento.

De fato, a educação física praticada na maioria das instituições tem priorizado e enfatizado os conteúdos técnicos e fisiológicos das ciências do movimento humano, criando um esteriótipo tecnicista e pouco significativo as suas intervenções. Entretanto, as diversas crises sofridas por essa área profissional, fizeram com que várias questões advindas da conscientização sobre a complexidade das ações humanas, fossem trazidas para essa área tão ampla do conhecimento humano.

Questões como saúde, ecologia, tecnologia e qualidade de vida passam a formar em alguns profissionais da educação física, uma visão mais ampla e sistêmica da complexa realidade presente nas relações e comportamentos humanos.

Essa nova visão de educação física requer multi e interdisciplinariedade, na tentativa de juntar os pedaços de um homem fragmentado, buscando a superação de uma concepção de ser humano essencialmente biológico para ser concebido segundo uma visão mais holística, onde se considera os processos históricos de ordem social, cultural, política, econômica e tecnológica. Nesse contexto, saúde e qualidade de vida não podem ser tratadas como constructos exclusivamente biológicos ou psicológicos.

Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.