Header Ads

Como evitar estiramento muscular na Corrida





Olá, eu sou a Dani e esse texto fala sobre Como evitar estiramento muscular na Corrida. Antes de começar a lê-lo, siga o blog nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter. Você também pode entrar nos grupos de Whatsapp ou no grupo do Telegram . Agora, vamos à leitura!




O estiramento muscular é uma lesão indireta caracterizada pelo "alongamento" das fibras dos músculos além dos limites normais. Ele está entre as lesões mais frequentes nos esportes e modifica significativamente os hábitos de treinamento e de competição dos praticantes.

Normalmente estiramentos musculares são causados por displicência dos atletas. Usar uma técnica de treino de maneira incorreta, sobrecarga e fadiga muscular, postura inadequada durante a corrida, diferença de comprimento de membros inferiores e diminuição da amplitude de movimento são os erros mais comuns entre os que praticam esporte. Porém, a contração rápida e explosiva, é quem fundamentalmente proporciona o surgimento da lesão.

Músculos mais acometidos na Corrida

– Isquiotibiais (músculos posteriores da coxa);
– Quadríceps (normalmente o músculo reto femoral, situado no meio da coxa); – Tríceps sural (panturrilha);
– Adutores (músculo da virilha). Esses músculos contam com um grande número de fibras de contração rápida, que são as mais atingidas, e realizam muitas contrações excêntricas (quando um músculo se contrai e alonga, ao mesmo tempo).

O primeiro sinal de estiramentos é uma dor súbita durante a um treino esportivo e algumas vezes acompanhado de uma sensação de estalido. A intensidade da dor é variável e geralmente provoca desequilíbrio e interrupção do movimento.

Os sintomas que podem ser observados depois são: deficiências de flexibilidade, desequilíbrios de força entre músculos de ações opostas, lesões musculares que não melhoram, distúrbios nutricionais e hormonais, infecções e dificuldade de coordenar movimentos.

Como evitar?

O trabalho de fortalecimento muscular é indispensável para evitar as distensões musculares. O treinamento específico – como os educativos de corrida e treinos funcionais – são outras formas importantes de prevenção.

Atletas que buscam mais performance devem se consultar com fisiologistas e outros especialistas para identificar desequilíbrios musculares.

O aquecimento antes da corrida também ajuda a evitar os estiramentos.

Você não pode perder:

Kettlebell, Macebell e Clubbell - Treinamento Funcional em Alto Nível
Planos de aulas e atividades para Educação Física Escolar
Educação Física em casa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.