Header Ads

Emagreça, mas não só para o verão!







Quer emagrecer? Então faça por merecer!


Coma direito e treine adequadamente. Infelizmente essa é uma verdade para a maioria da população mundial.


Entenda uma coisa: Excetuando-se os casos de distúrbios hormonais e psicológicos, sem esforço progressivo e constante, você não perderá os quilinhos extras!  Um corpo saudável e bonito deve ser buscado o ano todo, não apenas no período o qual sua exposição é maior.


Quem já não se fez as seguintes perguntas:  "Mas por que fulano(a) come tudo o que quer e não engorda? Por que eu como certinho e mesmo assim não consigo emagrecer?"

A resposta é simples: Genética! Cada um tem uma resposta diferente para os mesmos alimentos, o que torna ineficaz qualquer comparação sua com outra pessoa.


Pois bem, mas você, caro leitor, deve estar se perguntando: O que devo fazer para eliminar os quilinhos extras?


  1. Para emagrecer, a primeira atitude a ser tomada é mudar a mentalidade. Pense de forma saudável e aja como tal.

  2. Procure um médico, faça um check up e peça um teste de esforço o qual vai predizer qual a freqüência alvo de exercício. Fuja da fórmula "220 menos a idade";

  3. Exercite-se de forma constante, segura e adequada ao seu objetivo;

  4. Não seja enganado por dietas extremamente severas e/ou milagrosas. A oxidação de gordura acontece de forma gradual e discreta. Seja persistente e paciente com seus resultados;

  5. Procure um nutricionista. Coma corretamente e não ultrapasse 3 horas sem se alimentar;

  6. Trace metas graduais e possíveis. Além de mais seguro, ao alcançar cada etapa, estará ainda mais motivado a prosseguir.


A obesidade hoje em dia é tratada como uma pandemia. Deve ser tratada de uma forma contundente por toda sociedade para que se possa evitar as complicações inerentes às doenças crônico degenerativas(diabetes, cardiopatias, hipertensão, etc.).


Engordar significa que, de uma forma crônica, a ingestão está ultrapassando o gasto calórico. Desta forma, são necessárias intervenções profissionais (Médico - Nutricionista - Educador Físico), que traçarão em conjunto uma estratégia segura a longo prazo. Se você é um adulto jovem, cuidado! O período dos 25 aos 44 anos representa um enorme perigo para o surgimento da adiposidade excessiva, razão pela qual a atenção deve ser redobrada. (Katch, Katck e McArdle, 2008).


Outro fator importante para o acúmulo excessivo de gordura é o sedentarismo. Estratégias simples como trocar o elevador pelas escadas, caminhadas e ir ao trabalho de bicicleta podem melhorar e muito sua condição atual. Para que ocorra uma maior oxidação de lípides, deve-se trabalhar em torno de 65 a 70% da frequência cardíaca máxima (Edwards S., 2001). Essa estimativa é feita pelo educador físico, e é predita à partir do teste de esforço ou teste ergométrico, que registra a atividade elétrica do coração durante o esforço físico. Permite ainda avaliar como se porta a pressão arterial no esforço, os sintomas percebidos pelo paciente e sua aptidão física atual.


Não tenha um corpo bonito e saudável apenas no verão. Mude seus hábitos para sempre! Sua saúde agradece!


Fontes: Diretrizes do American College of Sports Medicine; Fisiologia do Exercício, Katch, Katck e McArdle (2008); O Livro do Monitor de Freqüência Cardíaca, Edwards. S. (2001).


Prof. Esp. Gustavo Zorzi – CREF 051157 G-SP.


Acessem meu site www.gustavozorzi.com.br ou Twitter (@gzorzi) e dêem sugestões para o próximo texto.


Gustavo Zorzi é Educador físico, Pós Graduado em:

Fisiologia do Exercício (UGF),

Musculação e Condicionamento Físico (UNIFMU) e em

Biomecânica da Atividade Física e Saúde (UGF).

Atua como Personal Trainer e Professor faixa-preta 1º grau de Jiu-Jitsu.

Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.