Header Ads

Uso da isometria no treinamento de corrida





Olá, eu sou a Dani e esse texto fala sobre Uso da isometria no treinamento de corrida. Antes de começar a lê-lo, siga o blog nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter. Você também pode entrar nos grupos de Whatsapp ou no grupo do Telegram . Agora, vamos à leitura!


A contração isométrica é adotada em várias modalidades. É um exercício que propicia variados frutos: previne lesões, à medida em que estabiliza as articulações, e vai refletir na performance, acrescentando maior resistência, a chamada endurance. A isometria tem sido inserida em muitos treinos como acompanhante perfeita para desenvolver e fortalecer a musculatura. A técnica consiste em usar os músculos do corpo contra um objeto imóvel ou manter o corpo em uma posição fixa por um determinado tempo.

Além disso, os exercícios isométricos podem ser uma opção interessante quando você se machuca. Imagine que você machucou o joelho, por exemplo. Antes de voltar às passadas, talvez você precise de um período de esforço mais suave, e esses exercícios entram aí, fazendo movimentos de menor amplitude ou de isometria em algum ponto da amplitude articular. Este primeiro passo mais cuidadoso pode potencializar a recuperação

O treinamento isométrico também provoca aumentos na hipertrofia a adaptações neurais, as quais aumentam a força. A hipertrofia muscular das fibras do tipo I e II ocorre a partir do treino isométrico com ações musculares máximas e submáximas.  Assim como os aumentos na força isométrica, a oclusão vascular e o aumento resultante dos metabólitos intramusculares podem estar relacionados com um maior aumento na área de secção transversa do músculo com ações isométricas de longa duração.

Outro grande benefício é a melhora da coordenação dos movimentos e o aumento da capacidade de equilíbrio, o que é muito válido no caso de esportistas. Mas vale ressaltar que nestes casos a isometria não é válida como único exercício. É aliada a outras atividades que o treinamento estático é potencializado.

A isometria reúne um grupo extenso de exercícios, mas uns dos pontos positivos desta prática é que muitas posições podem ser praticada em qualquer lugar e só necessitam do peso do próprio corpo. Neste último caso, porém, deve-se aumentar a duração de cada posição.
Para melhorar a performance, o corredor não deve apenas correr. Os exercícios de contração isométrica são apenas um exemplo de trabalho de desenvolvimento muscular que auxilia os corredores

Você não pode perder:

Kettlebell, Macebell e Clubbell - Treinamento Funcional em Alto Nível
Planos de aulas e atividades para Educação Física Escolar
Educação Física em casa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.