Novas
Loading...

10 tendências fitness para 2016




http://2.bp.blogspot.com/-uKs7p8Fo220/VfHPZ3fpiLI/AAAAAAAAAQA/90HkBnZrdWU/s1600/Maintain%2BGood%2BHealth%2BFitness%2BTips.png
Há 10 anos, a ACSM (Colégio Norte-Americano de Medicina Esportiva (ACSM, em inglês) lança a pesquisa global e anual sobre as 20 tendências fitness, selecionadas a partir de uma pesquisa com 2,8 mil profissionais de educação física dos Estados Unidos. As escolhas não se resumem a modalidades de exercícios físicos que estão na moda, mas incluem aparelhos tecnológicos, novas formas de pensar a vida ativa e até mesmo atividades antigas que voltaram a chamar a atenção sob uma nova roupagem. As escolhas podem ser boas dicas para quem trabalha na área ou mesmo para quem só está buscando uma atividade diferente para se manter saudável.
Confira as tendências fitness para 2016, de acordo com a ACSM:
Tecnologia móvel. Inclui dispositivos de rastreamento, relógios e pulseiras inteligentes, monitores cardíacos e de passos, entre outros. Exemplos incluem os dispositivos Misfit, Garmin, Jawbone, Fitbit e o Apple Watch.
Body Weight Training. Exercícios que usam poucos equipamentos e priorizam os movimentos corporais, mas não se resumem a flexões. Essa tendência permite que as pessoas voltem ao "básico" dos exercícios físicos.
HIIT, High-Intensity Interval Training, ou Treinamento de Intensidade Intervalada. De curta duração, cerca de 30 minutos, os exercícios misturam momentos de intensidade elevada com momentos de intensidade moderada ou leve.

Treinamento de força ou Strenght training. Homens, mulheres, jovens, velhos, crianças e mesmo pessoas com doenças crônicas estáveis fazem uso do treinamento para manter ou aumentar a força muscular. É comum, inclusive, que pacientes em reabilitação cardiovascular ou pulmonar recebam esse tipo de atividade.

Profissionais fitness formados e com experiência. O alerta do colégio norte-americano para procurar por profissionais de educação física formados e com experiência entrou em quinto lugar na lista das tendências. O objetivo é reduzir número de lesões e problemas decorrentes das atividades físicas feitas sem a orientação adequada.

Personal trainer. Seja nas aulas com apenas um aluno em um grupo pequeno, os personal trainers têm crescido em número e em demanda. Com isso, a tendência é que continuem a ser uma parte importante das academias nos próximos anos.

Exercícios funcionais. Voltados aos movimentos que as pessoas usam no dia a dia, os exercícios funcionais ajudam na manutenção do equilíbrio e estão relacionados às atividades voltadas para a terceira idade.

Programas de exercícios para idosos. Além de mais tempo, a geração Baby Boom também chega à terceira idade com uma situação financeira mais tranquila, que permite investir em atividades físicas voltadas aos idosos.

Exercícios e perda de peso. A tendência aqui é misturar programas de perda de peso pela alimentação, com restrição a alimentos calóricos, aos exercícios voltados à redução das medidas.

Ioga. A atividade milenar oriental não perde o lugar no top 10 das tendências, principalmente porque ela se reinventa a cada ano. É possível encontrar uma variedade de formatos, que incluem Power Ioga, Iogalates (Ioga e Pilates), Bikram Ioga (feito em um ambiente quente e úmido), Iyengar ioga, ashtanga, vinyasa ioga, kripalu ioga, anuara ioga, kundalini ioga, sivananda ioga, entre outros.

Comente:

Espalhe no Google Plus

Sobre - Educação Físicaa

Professora de Educação Fisica, pós-graduada em Treinamento Desportivo e que tem atuação em Educação Fisica Escolar, Avaliação Fisica e Personal Trainer. Twitter: @educacaofisicaa
Postar um comentário