Header Ads

Temperatura alta restringe Educação Física nas escolas






http://diariodopovo-pi.com.br/Imagens/Data/50012bad97e-52c5-4ed9-8b1f-160e9dbded37.jpg

Não é segredo para ninguém o calor que anda fazendo nesse verão. Os efeitos das altas temperaturas registradas em todo o Brasil fizeram várias escolas, públicas e particulares passarem a ter cuidados na hora da Educação Física. 

Em Bauru, por exemplo, a Secretaria da Educação do Estado emitiu uma recomendação às escolas para que, em dias muitos quentes, as aulas de educação física sejam trocadas por atividades moderadas, que incluam trabalhos em sala de aula ligados ao tema Copa do Mundo.

Na prática, os professores que seguirem a orientação deverão realizar atividades teóricas que envolvam, por exemplo, os princípios táticos e técnicos do futebol, papel do torcedor, transmissão pela TV, a história da Copa, futebol de várzea, entre outros temas.

Não há como ser contra a uma medida dessa, mesmo sabendo que o que caracteriza a Educação Física é o movimento. Em muitas escolas, a rotina de exercícios físicos nas aulas de educação física é por volta das 13h30, horário em que ocorrem picos de calor.

Em muitas escolas, não é possível alterar o horário das aulas. Em outras, a cobertura na quadra e opções de esportes mais leves, como tenis de mesa ajudam a variar as opções da aula de Educação Física.

O importante nessa fase do ano é a escola chegar a um consenso com professores e alunos para que o conteúdo e os objetivos sejam cumpridos da melhor forma possível.

Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.