Header Ads

Como iniciar um bom plano de Condicionamento Físico?





Olá, eu sou a Dani e esse texto fala sobre Como iniciar um bom plano de Condicionamento Físico?. Antes de começar a lê-lo, siga o blog nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter. Você também pode entrar nos grupos de Whatsapp ou no grupo do Telegram . Agora, vamos à leitura!




Atividades que colaboram em um bom condicionamento físico proporcionam melhora do funcionamento do sistema cardiovascular, proporcionando o fortalecimento dos órgãos. Em longo prazo, exercícios físicos em geral podem ajudar a evitar diversas doenças (como hipertensão e doenças circulatórias), melhorando a saúde de quem pratica, além de proporcionar uma melhora no bem-estar.

Condicionado a atividades mais intensas, por exemplo, o nosso corpo se torna menos sedentário e é capaz de atuar de maneira ainda mais satisfatória em ações cotidianas, como subir escadas. Com isso, será preciso menor esforço, assim como tem-se a sensação de bem-estar.

Soma-se a isso o fato de que esse tipo de exercício ajuda no controle do peso corporal, auxiliando na prevenção do ganho de peso por gordura. Isso se dá pelo aumento do gasto energético promovido por atividades assim.

Outro benefício das atividades para condicionamento físico está no humor. Por promoverem o aumento do nível de neurotransmissores (noradrenalina e serotonina), eles melhoram o humor e diminuem o nível de tensão. A liberação de endorfina também é um fator importante, sendo esse neurotransmissor responsável pela sensação de euforia e diminuição do estresse, da raiva e da ansiedade.

Pouco a pouco

Antes de mais nada, é importante destacar que o primeiro passo para adquirir um bom condicionamento é realizar exercícios progressivos — principalmente se você estiver há algum tempo parado. Se quiser começar a correr, por exemplo, inicie os seus treinos com caminhadas leves e vá aumentando o ritmo conforme o seu corpo se acostuma.

O ideal é que cada etapa do treinamento seja feito de forma bem elaborada com números de repetições e intensidades preestabelecidas. Por isso, sempre que possível, peça para que um profissional monte uma planilha de treinos adequada para você.

Regularidade

Estabelecer constância nos treinos é fundamental para garantir a sua evolução física. Consequentemente, o condicionamento físico estará em constante estímulo para que você se esforce cada vez mais nos treinos.

Antes de mais nada, defina as suas prioridades com um médico ou profissional de Educação Física. Eles que te ajudarão a montar um cronograma específico para o que você deseja investir no momento.

Caso você pratique exercícios uma vez na semana, claramente não verá resultados tão cedo. Além disso, não ter um ritmo regular de atividades físicas atrapalha o seu desenvolvimento e ainda levará frustração.
Logo, entre a prática diária ou em apenas alguns dias fixos na semana, o importante é escolher o que faz sentido para os seus objetivos e manter o foco para continuar com a prática de exercícios frequentes.

Mudança de Hábitos no cotidiano

O ideal, portanto, é adequar cada treino à realidade do seu corpo, além de realizá-lo com acompanhamento profissional. Sempre comece devagar e vá aumentando o ritmo aos poucos. Além disso, que tal mudar alguns hábitos do dia a dia? Veja algumas dicas:

  • troque o elevador pela escada;
  • evite escada rolante em shoppings, prédios etc.;
  • vá caminhando para o trabalho, padaria, casa da amiga etc.;
  • experimente andar de bicicleta aos finais de semana (ou quem sabe para ir ao trabalho?);
  • experiente diversas atividades físicas até encontrar a que mais goste;
  • não se esqueça de alongar o corpo após um longo período sentado.
Mantenha uma vida ativa. Isso mesmo. Mesmo não estando matriculado em uma academia de ginástica, procure levar uma vida mais ativa, caminhando até o trabalho ou caminhando com o cachorro.

Após iniciar um programa de exercícios físicos controle sua ansiedade para esperar resultados apenas a médio e longo prazo. No início, foque na boa postura durante a execução dos movimentos, na sua concentração e divirta-se com seus movimentos.

Sem dúvidas, a melhor forma de aumentar o condicionamento é combinando exercícios aeróbicos e musculares. Afinal, para ter um bom desempenho, precisamos de força e de um bom sistema cardiorrespiratório.

Dessa forma, os circuitos de exercícios são excelentes para obter melhores resultados. O recomendado é intercalar treinos que reforçam a musculatura (ligamentos, tendões, articulações etc.) com os que estimulam a nossa capacidade cardíaca e respiratória.

Geralmente, esses circuitos são curtos (cerca de 30 minutos). Isso não quer dizer, porém, que os exercícios são leves. Ao final de cada sequência, o ideal é que a pessoa esteja ofegante, mas ainda consiga completar a parte aeróbica sem problemas.

Para finalizar, indico um conteúdo Fisiologia do Exercício - Módulo: Sistema Cardiovascular destinado para estudantes de Fisioterapia e Educação Física e tem como objetivo, aplicar os conceitos do sistema cardiovascular em diferentes situação do exercícios físico. Clique aqui e saiba mais!

Você não pode perder:

Kettlebell, Macebell e Clubbell - Treinamento Funcional em Alto Nível
Planos de aulas e atividades para Educação Física Escolar
Educação Física em casa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.