Header Ads

Treinamento Funcional e a saúde da coluna







Resultado de imagem para core fitness

Com a correria do dia-dia o os afazeres diários, muitas vezes esquecemos de cuidar do bem mais precioso que temos, nosso corpo. A falta de tempo, a obrigação com o trabalho e a falta de motivação para realizar uma atividade física, são desculpas mais comuns que escutamos de uma pessoa que não faz nem um tipo de exercício físico.


As atividades mal feitas e os exercícios sem orientação podem ocasionar problemas gravíssimos para a vida de um indivíduo. Para muitos é uma bobeira, mais até mesmo um futebol no final de semana sem a sua devida preparação pode trazer complicações graves.

Para desempenharmos nossas atividades devemos preparar nosso corpo dando a ele os subsídios necessários para que ele possa realizar as tarefas sem que sofra nenhum dano.

O que vemos em academias de ginástica convencionais é uma triste reprodução de movimentos segmentados, trabalhando um músculo isolado e pouco usado em nosso dia-dia, devemos sim considerar que a musculatura trabalhada em determinados movimentos são musculaturas importantes, porem quando realizamos o movimento em nossa vida diária não conseguimos realizar com apenas um músculo e sim pelo agrupamento muscular responsável por realizar este determinado movimento.

Cada indivíduo deve ter suas rotinas de treinos elaboradas e criadas de acordo com suas necessidades, um ciclista amador, por exemplo, deve ter seu treino diferente de um jogador de futebol de fim de semana, assim como uma dona de casa não pode seguir o mesmo treino de uma nadadora. Devemos respeitar a individualidade de cada um, determinando que cada pessoa treine qualidades físicas referentes à que utiliza e não determinar a todos um estilo de treino único, criado e reproduzido como uma forma de estética e que tem que ser seguidos por todos independente de objetivos e necessidades.

Os movimentos do treinamento funcional auxiliam a criar melhor consciência corporal, fortalecem o Core e, melhor de tudo, ajudam o aluno a transferir o que foi aprendido em aula para o cotidiano. Além disso ele fornece um ótimo exercício físico, combatendo a obesidade que é um fator de risco para desenvolver lombalgia.

Pensando em criar uma nova rotina de treino, onde os objetivos e as necessidades fossem respeitados, o treinamento funcional vem ganhando adeptos em todo mundo, pois todos os treinos são individualizados e planejados de acordo realidade e necessidades de cada aluno. Considerando suas atividades diárias, as modalidades esportivas praticadas e é claro sempre buscando a satisfação e qualidade de vida.

O treinamento funcional é o único método de treinamento que permite ao educador físico trabalhar a real necessidade do aluno. Com o treinamento funcional conseguimos desenvolver condicionamentos físicos para a prática de modalidades esportivas, qualificando os movimentos do para um melhor desempenho.

Aliado ao treinamento funcional, surgiu o Core Fitness ou “Força do Core” e se tem acompanhado as tendências em exercício e fitness já terá ouvido estas expressões.  Core fitness refere-se aos exercícios para os seus abdominais e costas e à capacidade destes de suportar a coluna e manter o corpo estável e em equilíbrio.

Quando a região de CORE está enfraquecida e é pouco eficiente para manter o tronco ereto, esse corpo fica mais propenso a dores musculares. A tensão gerada pela posição da coluna pode levar a dores em diversas musculaturas como ombros, lombar, etc. Muitos de nós (infelizmente) já tivemos dores nas costas, como:

• Dores e espasmos musculares
• Ciática
• Hérnia discal
• Fibromialgia

Essas dores são comuns porque muitos grupos musculares têm de contrair e relaxar para nos permitir estar na posição bípede e movimentar.

Se tem ligamentos e tendões fortes e saudáveis, está mais preparado para suportar o seu dia-a-dia. Mas se tem músculos frágeis, uma má postura e/ou excesso de peso as suas costas vão um dos primeiros locais a sentir dor.

O Treinamento Funcional tem como objetivo restaurar as funções corporais, fortalecer musculaturas e encontrar a estabilidade e mobilidade perdidas das articulações. Tudo isso é feito através de movimentos que realizamos diariamente e podem ser transferidos para outras atividades.





Uma boa dica, clique no link abaixo:






Você não pode perder:

Entre nos grupos de WHATSAPP
Planos de aulas e atividades para Educação Física Escolar
Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino

Tecnologia do Blogger.