Header Ads

Estudo: exercício pode acelerar regeneração de células cardíacas









Existem diversas pesquisas que indicam os benefícios cardiovasculares trazidos pela atividade física: a redução do colesterol "ruim" e o menor risco de doença coronária são alguns deles. Um novo estudo de Harvard, entretanto, acrescenta mais um ingrediente à essa mistura: testes realizados com ratos indicam que uma rotina de exercícios pode até acelerar a regeneração de células cardíacas, os cardiomiócitos.
Em adultos, a reposição dos cardiomiócitos (cardiomiogênese) acontece de maneira limitada, e os cientistas ainda não descobriram quais os fatores que regulam esse processo. Além disso, a perda de cardiomiócitos está entre as maiores causas de falha no coração.
O experimento é um dos primeiros a compreender um pouco da cardiomiogênese, mas ainda não há evidências sólidas de que o coração humano responderá da mesma maneira que o de roedores.
As usadas no estudo cobaias foram separadas em duas caixas: uma equipada com esteira, onde elas corriam voluntariamente, e outra sem. Durante oito semanas, os cientistas acompanharam as atividades físicas dos animais – que chegavam a correr 6km por dia – a partir de indicadores químicos, perceberam que a cardiomiogênese acontecia até 4,6 vezes mais intensamente no grupo que se exercitava.
Ainda assim, os pesquisadores deixam claro que os regimes de exercício dos ratos são muito diferentes dos humanos, o que não permite concluir se o artigo é válido para todos os mamíferos.
Além disso, a duração do experimento também é um "ponto negativo", já que os estudiosos apontam a necessidade de conhecer a relação das atividades físicas com a reposição dos cardiomiócitos a longo prazo.

Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.