Header Ads

Recreação turística na Educação Física







A caracterização das atividades se faz necessária, pois ao planejar tais ações, o profissional do lazer precisa levar em conta os objetivos a que se propõe alcançar. Afinal, esta atividade será contemplada na programação que atenderá as necessidades dos consumidores.
Profissionais de Educação Física destacam setor de Recreação e Lazer como campo de trabalho interessante e dinâmico.
O objetivo é o sorriso, não importa de quem – criança, jovem, adulto ou idoso. O instrumento? Atividades lúdicas que tragam alegria, relaxamento e descontração. Eis o trabalho da Recreação e do Lazer, um campo que tem oferecido boas oportunidades a profissionais de Educação Física de todo o Brasil
A faixa etária é a mais utilizada pelos animadores no momento de se definir uma atividade recreativa.

Recreação infantil: para crianças até os sete anos.
Recreação infanto-juvenil: entre oito e doze anos.
Recreação juvenil: Jovens entre 12 anos e 18 anos.
Recreação mista: ocorre a integração de crianças, jovens e adultos.
Recreação adulta: para maiores de 18 anos ou para aqueles que apresentem porte físico compatível.
Recreação para a maior idade: mesmas atividades dos adultos, porém de forma mais comedida e proporcional à condição dos veteranos.

O espaço determina qual atividade ele irá colocar em sua programação. Para isso, há ambientes externos e internos.

Internas: ambientes fechados como salas de festas; ginásios esportivos; academias; salas de música; leitura; salas de projeção; piscinas térmicas ou naturais; saunas; salões de jogos; salas de jogos eletrônicos e de jogos de mesa; auditórios; espaços culturais; salas apropriadas para as atividades exclusivamente infantis.

Externas: considerados ambientes abertos, geralmente ligados a natureza, como campos de esportes; quadras; playgrounds; piscinas com tobogãs; caminhos e picadas; trilhas; pistas para pouso, karts e competições do tipo cross; ciclovias; lagos; cais.

É grande a contribuição que a Educação Física traz para a recreação. "A formação em Educação Física trouxe uma contribuição principalmente no conhecimento acerca da execução dos jogos e brincadeiras, além da ampliação do repertório das atividades e sua devida organização

Saiba mais sobre essa área de atuação no Curso Online de Animação e Recreação Turística Para atuar na recreação, o profissional deve ter um conjunto de competências e habilidades que passam, necessariamente, pela sua própria sensibilidade em perceber o gosto do público com o qual está lidando, de forma a adequar as atividades programadas. Para fazer essa adequação, é necessário que o profissional tenha, também, conhecimento de diversas técnicas de animação e de intervenção, bem como conhecimentos específicos em atividades físicas, esportes, dança, ginástica, jogos, brincadeiras, entre outros.

Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.