Header Ads

Step e as lesões no joelho







http://correiodabeiraserra.com/wp-content/uploads/2015/06/treino.jpg


O step conquistou milhões de praticantes nos cinco continentes, fascinados pela simplicidade e eficiência que caracterizam a modalidade, e hoje, dez anos depois, é sem dúvidas a atividade coletiva mais praticada no planeta, e seus benefícios quanto ao condicionamento cardiovascular são mais do que comprovados.

Com a evolução das coreografias, foram incluídos na prática muitos giros, pivots, nas coreografias, e infelizmente algumas vezes, sem nenhum critério prévio.

Além desses movimentos exigirem uma técnica apurada de execução, os mesmos ainda induzem os joelhos à rotação. Não poderemos esquecer, que esta articulação foi naturalmente dimensionada para os movimentos de flexão e extensão, além da pequena rotação interna e externa somente quando em 90 graus.

Outro fator importante de segurança no step, relaciona-se ao uso de plataformas muito altas. Quando o ângulo formado entre perna e coxa ultrapassa os 90 graus, observa-se como consequência o que tecnicamente denominamos de "gaveta", e que sem dúvidas representa o principal mecanismo de lesões do ligamento cruzado anterior.

Quando o Step é praticado corretamente poderá trazer uma série de benefícios ao praticante, inclusive aumentando a força dos músculos dos membros inferiores, e também a estabilidade das articulações deste mesmo segmento. O que ocorre, é que a médio / longo prazo, o emprego de técnicas inadequadas de stepping ( subida e descida ), poderão sim, proporcionar sérios danos aos que praticam a modalidade com maior regularidade.

O mais importante, é que ninguém deixe de frequentar as aulas de step, mas que todos saibam escolher bons professores.


Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.