Novas
Loading...

A importância da prancha isométrica




http://imguol.com/2012/09/06/abdominais-isometricos-1346961270419_956x500.jpg

Exercício isométrico é uma forma de treinamento de resistência, no qual o aluno usa os músculos do corpo para exercer uma força contra um objeto imóvel ou também manter o músculo em uma posição fixa por uma duração de tempo determinada. Neste tipo de exercício, o músculo é contraído mas não muda de extensão enquanto a força é exercida. Adicionalmente, a articulação mais próxima associada ao esforço permanece estática ao longo de toda a duração do exercício. Outras considerações, quando você executar exercícios isométricos, incluem o tempo de duração em que cada ação é mantida, assim como o ângulo da articulação quando a ação é formada. Mas, quando o peso do corpo é usado como resistência, são necessárias durações longas de mais de 10 segundos
Exercícios de prancha são exercícios populares de treinamento isométrico, que envolve a contração dos músculos contra uma resistência fixa. Os exercícios isométricos são comuns para a reabilitação de lesão ou recondicionamento. Exercícios de prancha, em especial, beneficiam vários elementos de aptidão física e seu bem-estar geral. A prancha isométrica está entre os exercícios que mais gosto de passar para meus alunos e clientes. Importante lembrar que como os exercícios de contração isométrica trabalham somente a angulação em que a articulação está flexionada, para uma completa recuperação é necessário trabalhar a contração isométrica de forma multiangular.

O exercício de prancha ajuda a fortalecer a parte central do corpo. Pranchas também fortalecem os músculos do núcleo interno que suportam as articulações. Os músculos reto abdominal e transverso do abdômen que formam o exterior e interior da musculatura abdominal, respectivamente, são os que sustentam os exercícios de prancha, principalmente. Os oblíquos abdominais também estabilizam a posição da prancha isométrica. A prancha isométrica para trabalho abdominal pode ser ainda mais desafiadora quando se elimina um ou dois apoios, ou seja, o movimento é mantido estável apenas com um dos braços e os dois pés apoiados no chão ou bola, ou ainda com os dois braços apoiados e apenas um dos pés. Nestes dois exemplos a força isométrica aumenta consideravelmente, exigindo mais das musculaturas estabilizadoras.
 Ainda um outro exemplo de prancha mais avançado é eliminar dois apoios, um braço e um pé, sempre alternados, ou seja, se sustentar o braço direito, sustenta-se o pé esquerdo, e vice-versa. Neste caso a musculatura será extremamente exigida, mas com excelentes resultados.
Com ajuda daqui

Comente:

Espalhe no Google Plus

Sobre - Educação Físicaa

Professora de Educação Fisica, pós-graduada em Treinamento Desportivo e que tem atuação em Educação Fisica Escolar, Avaliação Fisica e Personal Trainer. Twitter: @educacaofisicaa
Postar um comentário