Header Ads

Os esportes dos Jogos Paralímpicos de 2016






http://www.boasnoticias.pt/img/rio2016.jpg

Os Jogos Paralímpicos são o maior evento esportivo mundial envolvendo pessoas com deficiência.4 Incluem atletas com deficiências físicas (de mobilidade, amputações, cegueira ou paralisia cerebral), além de deficientes mentais. Realizados pela primeira vez em 1960 em Roma, Itália, têm sua origem em Stoke Mandeville, na Inglaterra, onde ocorreram as primeiras competições esportivas para deficientes físicos, como forma de reabilitar militares feridos na Segunda Guerra Mundial.

O Comitê Olímpico Internacional (IPC) reconhece vinte e oito esportes como federados. Sendo que a Organização Internacional de Esportes para Deficientes é responsável pela administração de seis modalidades, e os outros treze possuem federações próprias, como é o caso do Basquetebol em cadeira de Rodas, Canoagem, Ciclismo, Curling em cadeira de Rodas, Hipismo, Remo, Rugby em cadeiras de Rodas, Tênis em Cadeira de Rodas, Tiro com Arco, Triatlo, Vela e Voleibol Sentado.

Esportes do IPC

Atletismo: possui provas para todos os tipos de deficiência, com provas disputadas em cadeira de rodas, com o uso de próteses e com o auxílio de um guia. Os dezessete tipos de evento (disputados na pista, no campo e na rua) são divididos em diversas classes, de acordo com o grau de comprometimento dos atletas.

Levantamento de peso: versão paralímpica do levantamento de peso básico, é disputado por amputados dos membros inferiores, paraplégicos e portadores de paralisia cerebral.

Natação: um dos esportes mais populares dos jogos, é disputado por deficientes físicos e visuais classificados de acordo com sua habilidade para cada nado. Não é permitido o uso de próteses ou de qualquer equipamento que auxilie o nadador, exceto os tappers, usados para bater levemente às costas dos deficientes visuais para avisá-los de que a borda da piscina está próxima.

Tiro: disputado por deficientes físicos. Há duas categorias, para atletas em cadeira de rodas e em pé. Um sistema de classificação funcional permite que atletas de diferentes graus de comprometimento participem da mesma prova.

Dança esportiva em cadeira de rodas: único esporte que não faz parte do programa dos Jogos Paraolímpicos devido ao número ainda restrito de federações nacionais, é disputada nas categorias combinado (em que apenas um dos integrantes do casal usa cadeira de rodas) e dueto (em que os dois integrantes estão em cadeira de rodas).

Esportes da OIED

Bocha ou boccia: disputado por atletas em cadeira de rodas portadores de paralisia cerebral. Todos os eventos são disputados por ambos os sexos.

Esgrima em cadeira de rodas: disputado apenas por atletas em cadeira de rodas. Apesar de os atletas, em virtude da cadeira de rodas, ficarem mais afastados entre si, a baixa mobilidade do torso facilita os golpes, tornando as lutas mais rápidas que na versão tradicional.

Futebol de cinco: é disputado por deficientes visuais (o goleiro, entretanto, pode enxergar). O jogo acontece no mesmo campo do hóquei sobre grama, e não há a regra do impedimento.

Futebol de sete: reúne jogadores com variados graus de paralisia cerebral. Tem regras parecidas com as do futebol tradicional, mas ocorre num campo menor com equipes de sete jogadores, e não há a regra do impedimento.

Goalball: é disputado apenas por deficientes visuais. Cada trio tenta jogar uma bola com guizos dentro do gol adversário. Todos os jogadores ficam próximos ao seu gol, que tem a mesma largura da área de jogo.

Judô: competem neste esporte deficientes visuais, divididos em categorias de peso. Mulheres participaram pela primeira vez em Atenas 2004.

Esportes com federações próprias

Basquetebol em cadeira de rodas: desenvolvido quase simultaneamente nos Estados Unidos e no Reino Unido, é disputado por atletas em cadeira de rodas. A quadra e a altura da cesta são idênticas às do basquetebol tradicional. A Federação Internacional de Basquetebol em Cadeira de Rodas organiza os eventos.55

Badminton: incluído em outubro de 2014, fará sua estreia apenas em Tóquio 2020. Será disputado por deficientes visuais e físicos, seguindo praticamente as mesmas regras de sua versão convencional. É de responsabilidade da Federação Internacional de Badminton.40

Canoagem: incluída no programa em dezembro de 2010, é aberta a deficientes físicos e intelectuais. A Federação Internacional de Canoagem administra os eventos da modalidade.

Ciclismo: é disputado por deficientes visuais e físicos. De acordo com seu grau de comprometimento, o atleta pode usar bicicleta, triciclo, tandem ou handcycles. A União Ciclística Internacional gere o esporte.57

Hipismo: usado primeiramente para reabilitação e recreação, é hoje disputado por deficientes visuais e físicos. Homens e mulheres competem juntos, de acordo com o seu perfil funcional. A Federação Equestre Internacional é a responsável pela modalidade.

Remo: é o esporte mais novo no programa paralímpico de verão, sendo introduzido apenas em Pequim 2008. Participam das provas deficientes físicos, utilizando equipamentos adaptados. É gerido pela Federação Internacional de Remo.

Rugby em cadeira de rodas: está oficialmente nos Jogos desde 2000 e é disputado por atletas com quadriplegia. É administrado pela Federação Internacional de Rugby em Cadeira de Rodas.

Tênis em cadeira de rodas: competem neste esporte portadores de deficiência física em pelo menos um membro inferior. Na categoria "quad" só podem participar atletas com deficiência em três ou quatro membros. Todas as regras são as mesmas do tênis tradicional, exceto uma: a bola pode tocar no chão duas vezes antes de um jogador rebatê-la. A Federação Internacional de Tênis gere a modalidade.

Tênis de mesa: amputados, paraplégicos e portadores de paralisia cerebral competem em categorias para atletas em pé e em cadeira de rodas. A Federação Internacional de Tênis de Mesa é a responsável pelo esporte.

Tiro com arco: disputado por paraplégicos, portadores de paralisia cerebral e amputados, divididos em três classes funcionais. Há disputas individuais e por equipes, para atletas em pé e em cadeira de rodas. É gerido pela Federação Internacional de Tiro com Arco.

Triatlo: incluído em dezembro de 2010, é disputado por deficientes físicos, e compreende seis categorias. É de responsabilidade da União Internacional de Triatlo.

Vela: introduzido como esporte oficial em Sydney 2000, é aberto a atletas amputados, paraplégicos, portadores de paralisia cerebral e deficientes visuais. O sistema de classificação do esporte é baseado em quatro fatores: estabilidade, habilidade manual, mobilidade e visão. A Associação Internacional de Vela para Deficientes organiza as competições.

Voleibol sentado: atletas com deficiência física competem em equipes de seis, podendo compor a mesma equipe portadores de diferentes graus de deficiência. Por ocorrer numa quadra menor que a do voleibol tradicional, é um esporte mais rápido. Como alguns atletas possuem ao menos parte dos membros inferiores, há uma regra que os obriga a manter a pélvis em contato com a quadra durante o jogo inteiro. É gerido pela Organização Mundial de Voleibol para Deficientes.

Os Jogos Paralímpicos de Verão de 2016 também conhecidos como Os Jogos da XV Paralímpiada de Verão os serão a 15ª edição do evento, a serem realizados entre 7 de setembro e 18 de setembro de 2016, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

Cluster da Barra

Centro Aquático Nacional - Natação
Centro Olímpico de Treinamento - Golbol, Judô e Basquete em cadeira de rodas
Estádio de Hóquei - Futebol (5 e 7)
Riocentro - Bocha, Tênis de Mesa e o Supino
Arena Olímpica do Rio - Rugby em cadeira de rodas

Cluster de Deodoro

Centro Equestre Nacional - Hipismo
Centro Nacional de Tiro - Tiro Esportivo
Arena de Deodoro - Esgrima em cadeira de rodas

Cluster do Maracanã

Estádio do Maracanã - Cerimônias
Ginásio do Maracanãzinho - Vôlei Sentado
Estádio Olímpico João Havelange - Atletismo
Marquês de Sapucaí - Tiro com Arco

Cluster de Copacabana

Praia de Copacabana - Triatlo
Parque do Flamengo - Clclismo de Estrada e Maratona
Marina da Glória - Iatismo
Lagoa Rodrigo de Freitas - Remo

Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.