Header Ads

Jogos tradicionais nas aulas de Educação Física Escolar






http://4.bp.blogspot.com/--qTJTqy4hfs/TdRZ4j1ZtqI/AAAAAAAAAAM/aQTyOLgoCpQ/s1600/foto1.JPG

A tecnologia, a industrialização e as mídias estão cada vez mais influenciando na fora que as crianças tem de  brincar, que acabam deixando os brinquedos populares de lado, para passarem horas em frente aos videogames, computadores.

Resgatar os jogos tradicionais nas aulas de educação física, além de proporcionar uma vivencia motora saudável, é uma forma de difundir a cultura popular nas escolas, pois os jogos tradicionais são encontrados em diferentes culturas, fazendo parte da vida de muitas crianças que, brincam nas ruas, praças, calçadas, parques, dentro de casa e na hora do intervalo das escolas, pois tais jogos são transmitidos de geração em geração.

As aulas de educação Física devem despertar nos alunos os interesses pelas manifestações culturais, proporcionar variadas práticas corporais podendo garantir o acesso dos alunos às práticas culturais diversificadas, e nada mais do que interessante e divertido, utilizar os jogos tradicionais como conteúdo nas aulas.

Para as crianças os jogos tradicionais são acima de tudo, lazer, mas é um grande instrumento educacional, que favorece o contato com a cultura e está ligada aos costumes populares que ajudam a promover os mais diversos aspectos do desenvolvimento infantil.

De acordo com os PCNS, as aulas de Educação Física no Ensino Fundamental I, têm por objetivos garantir o acesso à cultura corporal, proporcionando aos alunos uma vivencia motora de diferentes práticas corporais, onde o professor possa explorá-lo ao máximo, para que assim este desenvolva as suas mais diversas habilidades e capacidades físicas, afetiva, e cognitiva para uma melhor compreensão de seu próprio corpo e de suas limitações. Os jogos podem ter uma flexibilidade maior nas regulamentações, que são adaptadas em função das condições de espaço e material disponíveis, do número de participantes, entre outros e incluem-se entre os jogos as brincadeiras regionais, os jogos de salão, de mesa, de tabuleiro, de rua e as brincadeiras infantis de modo geral que podem ser exercidos com um caráter competitivo, cooperativo ou recreativo em situações festivas, comemorativas, de confraternização ou ainda no cotidiano, como simples passa-tempo e diversão:

É lamentável que jogos como a amarelinha, pega-pega, cantigas de roda, não tenham sido incorporadas aos conteúdos pedagógicos das aulas de educação Física. Aprender a trabalhar com esses brinquedos poderia garantir um bom desenvolvimento das habilidades motoras sem precisar impor as crianças uma linguagem corporal que lhes é estranha .

Todos os profissionais da educação física deveriam implementar os jogos e brincadeiras tradicionais no contexto educacional, pois tais jogos proporcionam um enriquecimento dos conteúdos pedagógicos devido à grande contribuição de sua prática para o desenvolvimento integral das crianças, através do que elas mais gostam de fazer, que é o brincar. Brincadeiras tradicionais como a amarelinha e pira alta, por exemplo, são desenvolvidas muitas vezes pelas próprias crianças, na hora do intervalo.

A cultura é uma ferramenta primordial na prática da Educação Física já que ela gera manifestações corporais diversificadas e carregadas de significados peculiares a cada contexto a qual foi gerada. E o profissional dessa área não trabalha com o corpo em si, mas com o ser humano nas suas manifestações culturais relacionadas ao corpo, gerando os jogos, esporte, dança, luta, dentre outros.

Devido a isto, nós educadores, devemos romper com as práticas escolares atuais que trabalham apenas com as modalidades esportivas, e sim associar nossas aulas com cultura popular com o folclore regional, para despertamos nos alunos, o interesse pela nossa cultura, nossos valores e tradições, mais não devemos lembrar a cultura popular apenas nas datas festivas folclóricas e sim trabalhá-las em nossas aulas com freqüência preservando assim o gosto pelas tradições ajudando na formação de uma identidade cultural entre os alunos para que assim nossa história esteja sempre presente em nossa memória.

Considerado parte da cultura popular, os jogos tradicionais devem ser utilizados pelos professores, pois fazem parte da cultura infantil, influenciando diretamente na formação da identidade sociocultural, e a escola deve fazer parte dessa construção histórica da criança, se comprometendo com o resgate dos valores culturais, com as nossas tradições, proporcionando a prática de atividades que levem os alunos a refletirem sobre a cultura popular em nossas escolas, vivenciando esses jogos para melhor compreensão dos saberes tradicionais.

As brincadeiras não só dão prazer às crianças, quanto é parte da cultura lúdica infantil e, utilizá-los é uma forma de resgatá-los. Podem servir como um recurso metodológico destinado a diagnosticar necessidades e interesses dos diferentes grupos de crianças e, também destinado a contribuir para o desenvolvimento da inteligência e de aprendizagens especifica.

Os educadores devem resgatar os jogos tradicionais em suas aulas, visto que as crianças passam grande parte do seu tempo nas escolas, e a incorporação desses jogos em suas praticas pedagógicas, contribuirá diretamente no processo de desenvolvimento integral destas crianças garantindo uma melhor compreensão durante as aulas, pois os jogos populares devem ser visto como um grande facilitador para o processo de ensino-aprendizagem.

 As aulas de educação física devem promover atividades que desenvolvam a consciência corporal da criança através de práticas lúdicas, onde o professor pode utilizar um grande instrumento educacional para o desenvolvimento integral destes escolares, através da vivencia dos jogos tradicionais durante as aulas, pois estas atividades são dotadas de grandes variedades de movimentos, que poderão ser trabalhados por eles. A importância de vivenciar os jogos populares durante a infância vai muito além dos aspectos motores, pois estes são elementos de nossa cultura folclórica:

O uso do brinquedo/jogo educativo com fins pedagógicos remete-nos para a relevância desse instrumento para situações de ensino-aprendizagem e de desenvolvimento infantil. Se considerarmos que a criança aprende de modo intuitivo adquire noções espontâneas, em processos interativos envolvendo o ser humano inteiro com suas cognições, afetividade, corpo e interações sociais, o brinquedo desempenha um papel de grande relevância para desenvolvê-la.

Um dos objetivos principais do sistema de ensino, não só na escola, é promover o desenvolvimento cognitivo da criança, que não é algo coisa que acontece espontaneamente, mais sim através de construções trabalhosas. Sendo assim, não faz sentido escolher uma atividade aleatoriamente qualquer atividade para a hora da educação física divertir as crianças. O aspecto de diversão é obrigatório numa aula de educação física, mais as atividades devem ser escolhidas, entre outros motivos, porque o professor é capaz de compreender seus efeitos sobre o desenvolvimento Freire   Atualmente a tecnologia, a industrialização, e as mídias que se encontram cada vez mais modernas, vem influenciando no brincar das crianças, que acabam deixando os brinquedos populares de lado, para passarem horas em frente aos videogames, computadores.

Resgatar os jogos tradicionais nas aulas de educação física, além de proporcionar uma vivencia motora saudável, é uma forma de difundir a cultura popular nas escolas, pois os jogos tradicionais são encontrados em diferentes culturas, fazendo parte da vida de muitas crianças que, brincam nas ruas, praças, calçadas, parques, dentro de casa e na hora do intervalo das escolas, pois tais jogos são transmitidos de geração em geração.

As aulas de educação Física, devem despertar nos alunos os interesses pelas manifestações culturais, por proporcionar variadas práticas corporais, e a escola, pode garantir o acesso dos alunos às práticas culturais diversificadas, e nada mais do que interessante e divertido, utilizar os jogos tradicionais como conteúdo nas aulas.

Baseado e com a ajuda desse texto

Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.