Header Ads

Por que treinar a coordenação motora?







Por que a coordenação motora é importante? Todo programa de treinamento, principalmente aqueles relacionados à promoção da saúde e bem-estar, tem como objetivo primário o desenvolvimento da força muscular, resistência cardiorrespiratória e flexibilidade. Estas três capacidades biomotoras são básicas e devem ter um nível desejável de desenvolvimento.

A baixa capacidade aeróbia, por exemplo, pode prejudicar o funcionamento do coração, favorecer a fadiga precoce e o aparecimento de determinadas doenças. Já a pouca força muscular pode causar flacidez muscular, lesões, dificuldade para realizar determinadas tarefas diárias e pouca flexibilidade, que torna o corpo encurtado, com pouca mobilidade, dificultando até para amarrar os sapatos e até mesmo se vestir.

Portanto, bons programas de exercícios incluem caminhada, pedalada, atividades para subir escadas (boas para o coração), exercícios com pesos adicionais (halteres) ou o peso do próprio corpo (agachamento, sentar e levantar da cadeira) e também os alongamentos – para os músculos das pernas (parte de trás), peito e região lombar.

A coordenação motora é também uma capacidade muito importante porque é responsável por fazer a conexão entre o sistema nervoso central e os músculos. Além disso, possibilita ativar os centros nervosos, manter os neurônios ativos, receber e enviar informações para que os músculos trabalhem de forma ordenada. Os estudos têm demonstrado que, quando estimulamos pouco esta “coordenação motora global”, os neurônios vão diminuindo a sua capacidade de conexão e integração. Consequentemente, os resultados não são nada animadores: lentidão motora, diminuição da atenção, dificuldade de realizar tarefas diárias e contribuição para o aparecimento de determinadas doenças degenerativas.

Isso significa que os exercícios globais, que acionam vários grupos musculares ao mesmo tempo, realizados com música, dentro ou fora da água, são excelentes alternativas para ativar o seu cérebro e fazê-lo trabalhar de forma coordenada. Dança, hidroginástica, aulas de ginástica com música, exercícios de musculação que trabalham pernas braços ao mesmo tempo, pilates, aula de STEP, esportes com bola e natação são algumas das opções.

Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.