Header Ads

Saiba 13 tendências do Fitness que farão sucesso em 2013







Novidades! Vira o ano, o mercado já pensa em novidades!

 O site do jornal Huffington Post reuniu 13 delas para quem está disposto a tirar de vez do papel o plano de entrar em forma. Confira:

Destaque aos profissionais da área fitness: o American College of Sports Medicine já apontou como uma tendência dos últimos anos os prós da certificação profissional nessa área e o número de treinadores certificados continua a crescer. A novidade é que muitos deles estão abandonando as academias e apostando no próprio negócio.

Dieta e malhação nos aplicativos: cerca de 38% dos aplicativos de saúde baixados por usuários de smartphones são focados no tema fitness. E este número só tende a se expandir: as estimativas apontam que o mercado de aplicativos fitness irá alcançar os US$ 40 milhões até 2016, sendo que em 2010 foram US$ 10 milhões. Isso significa que estamos perto da marca de um bilhão de downloads ao longo dos próximos três anos. E conforme a eficácia desses aplicativos, se usados corretamente, os médicos passarão a recomendá-los, especialmente para a nova geração que é mais conectada.

Automonitoramento: a capacidade de se automonitorar, antes restrita aos "nerds", agora pode se tornar uma tendência dominante. Isso se deve ao crescimento do número de aplicativos para smartphones que ajudam a armazenar dados facilmente, de acordo com o comportamento do usuário. E o que seria este automonitoramento? Uma forma de manter o controle de hábitos como o quanto você come por dia, como anda dormindo e o quanto se movimentou ao longo do dia.

Aula favorita no celular: aulas "portáteis" são mais uma tendência que vem por aí – graças ao grande número de treinadores-celebridades que não podem estar em vários lugares ao mesmo tempo. Você pode baixar para o iPad uma aula de ioga e ter atenção exclusiva. Ou então usar o laptop para decidir que tipo de aula aula você irá querer e, especialmente, em que horas estará disponível para executá-la.

Fast food e glúten:  alimentos livres de glúten são necessários para o 1% de pessoas que sofrem de doença celíaca e para os 10% daqueles que têm alergias não-especificadas. Mas graças às celebridades sensíveis ao glúten, este tipo de alimento acabou ganhando foco. Embora isso não esteja ligado à perda de peso, existem outros benefícios associados. A boa notícia é que a tendência indica que os apreciadores destes itens não mais precisarão ir em lugares específicos para encontrá-los. A gigante rede Domino's Pizza já oferece pizza sem glúten sem cobrar taxa adicional por isso. Ela pode ser a primeira, mas não necessariamente a única a ter essa ideia.

Suco 100% natural: com US$ 5 bilhões em receita para este ano e com projeções de crescimento, os sucos 100% naturais de fruta e vegetais dominarão as prateleiras. Howard Shultz, CEO da rede Starbucks, prevê a mesma quantidade de venda, nos últimos 40 anos, da mercadoria à base de café.

Peso-pesado para mulheres: existem muitas razões para mulheres pegarem pesado na malhação, entre eles, ossos mais saudáveis, músculos maiores e mais definidos e a saúde cardiovascular como um todo, de acordo com o Well + Good NYC. A prática de levantar pesos-pesados vem ganhando popularidade.

Tempo de malhação pela metade: muito tem se falado sobre um tempo mais curto, porém mais intenso, de malhação. Usando o método HIIT (high intensify interval training, que em tradução livre significa treinamento intervalado de alta intensidade), os adeptos podem atingir seus objetivos malhando menos tempo por dia. Mas atenção: este método não é para qualquer um.

Fitness "a la carte": embora a maioria das academias tenha membros regulares e uma locação, nota-se a proliferação cada vez maior de estúdios especializados, não só das modalidades mais tradicionais como pilates e ioga, mas também para as mais atuais como CrossFit e Soul Cycle. Muitas empresas estão investindo nas opções "a la carte" para atender às necessidades específicas dos seus clientes.

Treinamento com peso do corpo: se você ainda não experimentou exercícios sem equipamento, usando apenas o peso do próprio corpo, é provável que experimente em 2013. O American College of Sports Medicine listou este tipo de atividade como uma das três principais tendências para o ano, graças à sua eficácia e barata execução.

Treinamentos funcionais: muitas pessoas admitem que malham em busca da boa forma e da saúde, mas os treinamentos funcionais podem fazer ainda mais, como melhorar o equilíbrio, coordenação, energia, força e resistência para as atividades do dia a dia. Este tipo de modalidade é especialmente importante para os idosos, que precisam de um treino extra para manter suas habilidades físicas.

Corridas temáticas: corridas de zumbis ou das cores, não tenha dúvida que a proliferação dos eventos temáticos é uma tendência.

Abaixo as mutações genéticas: os ativistas que se opõem aos alimentos modificados geneticamente ganharão visibilidade. Seguindo a proposição 37 da Califórnia, que é a primeira legislação a exigir um alerta no rótulo sobre as mudanças genéticas, esta comunidade terá maior destaque do que nunca.



Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.