Header Ads

Preparação Física de atletas em academias






A prática de atividade física cada vez mais respeitada devido ao avanço técnico – científico atinge todas as áreas em que se aplicam exercícios físicos, seja na busca pela saúde, performance esportiva ou até mesmo a estética. Em qualquer forma de atuação, o profissional de educação física, único responsável pela prática de atividade física para estes fins, é cada vez mais exigido em seu conhecimento e aplicações de técnicas e métodos modernos. E as academias são os locais mais adequados para prática regular de atividade física por unir o conhecimento de seus profissionais com equipamentos modernos e metodologias atualizadas.

Academias buscam freqüentemente novidades na área de atividade física para atrair de novos alunos e manter os já existentes. É uma ferramenta eficaz para o praticante realmente atingir seus objetivos com segurança e de acordo com suas necessidades e limitação (se for o caso), pois somente com ADERÊNCIA à prática regular de atividade física é possível obter os benefícios para o organismo (saúde ou performance) e os benefícios estéticos. Para a obtenção de uma melhor aptidão física e/ou performance ser de forma segura e eficaz depende da sobrecarga (relação entre o volume e a intensidade do treinamento) e deve ser monitorada de acordo com a evolução individual de cada valência física estimulada. Os benefícios promovidos pela prática de atividade física, dependem diretamente de uma relação entre seu estímulo (próprio exercício) e sua adequada recuperação. Este eqüilíbrio faz com que o exercício físico possa ser comparado a um "remédio", que depende de sua dose para ser eficaz ou não. A diferença entre um remédio e o veneno é a dose, exatamente com uma intensidade inadequada de exercício físico, podendo ser ineficiente por ser leve demais, ou aumentar a probabilidade de algum problema de saúde (como lesões musculares e etc.) se com intensidade acima da indicada para o praticante, justificando assim, a importância da realização de uma avaliação da aptidão física.

Com uma aderência aos exercícios de intensidade adequada, o nível de aptidão física aumenta, necessitando assim de uma nova intensidade (carga) de treinamento, assim como as reavaliações periódicas para adequação da nova carga de treinamento. O descanso dependerá diretamente da quantidade do exercício (volume de treinamento) assim como da qualidade (leve, moderado ou intenso).

Para a determinação da dose correta de atividade física (intensidade e volume) se faz necessário quantificar o nível de condicionamento físico através de uma avaliação de aptidão física adequada, capaz de oferecer dados e tornar uma ferramenta precisa e útil para orientação criteriosa de cada valência a ser estimulada de acordo com os objetivos, necessidades e limitações do praticante individualizado assim o programa de treinamento. O resultado promovido pelo condicionamento físico, dependerá de inúmeras variáveis, devido às diferentes características de cada praticante.

Esta individualidade biológica faz com que o tempo de recuperação e recomposição seja diferente entre os praticantes resultando assim em um treinamento diferenciado e podendo ser elaborado em diversas formas, justificando assim, o porquê de alguns treinarem mais e outros menos para cada fase do programa de treinamento.

Um programa para prática de atividade física deve ser elaborado com critérios, hoje bem rígidos e comprovados cientificamente, devendo conter exercícios aeróbios para melhora do condicionamento cardiorrespiratório, exercícios de alongamento para flexibilidade e exercícios denominados localizados, para melhoria da musculatura esquelética, através da melhoria da resistência muscular e força. Cada modelo de atividade física (aeróbio, flexibilidade e muscular localizado) tem seu benefício específico para o condicionamento físico como um todo, sendo cada um com sua importância de igual valor quando se pretende uma melhora harmoniosa do condicionamento físico, atingindo a tão desejada qualidade de vida e até mesmo a performance esportiva.

A união dos equipamentos de alta qualidade, recursos de alta tecnologia para avaliação de aptidão física e controle da intensidade do treinamento quando oferecidos para profissionais qualificados e com uma visão criteriosa no planejamento do treinamento para aprimoramento do condicionamento físico, transforma facilmente em um centro de treinamento e condicionamento físico para qualquer modalidade desportiva, tanto para atletas de alto nível de performance ou até mesmo os atletas praticantes de esporte participativo ou recreacional. Esta forma de conciliação entre a tecnologia para o condicionamento físico, que avança constantemente, juntamente com metodologias específicas e comprovadas cientificamente para a segurança e melhor rendimento de cada atleta, depende diretamente da forma com que o profissional se atualiza e aplica estes métodos e utiliza com os novos equipamentos.

A atualização constante dos profissionais tanto com metodologias adequadas, suas aplicações e utilização correta de cada equipamento à disposição é sem dúvida o diferencial para um aprimoramento do nível de condicionamento físico para qualquer modalidade desportiva com eficiência e segurança.

Dr. Claudio Pavanelli – CREF 5514 G/SP – Fisiologista do Santos Futebol Clube de 1997 a 2007. Fisiologista da Sociedade Esportiva Palmeiras 2008. Professor do Curso de Fisiologia e Preparação Física do Instituto do Futebol Wanderley Luxemburgo.

Fonte: Fitness Magazine. Ano 04 – 2008 – Número 09/CONFEF

Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.