Header Ads

Profissionais de Educação Física devem tomar cuidado com a malhação em excesso






http://i0.ig.com/bancodeimagens/6d/8m/rz/6d8mrzsw2nskqjpaarq63klog.jpg

Nada demais é benéfico, mesmo em se tratando de atividade física.  E se a pessoa vicia nos benefícios da atividade física (e você pode acreditar que vicia!), e abusa da quantidade tanto em voleume quanto e periodicidade dos treinos pode enfraquecer o organismo além do aumento do risco de lesões.

Dores nas canelas, esporão e tendinite estão entre as lesões mais frequentes do excesso de treino que podem até ter dias mais intensos mas não devem ser uma constante.O exercício físico é um estressor. Se é demais, o corpo sofre.

Fadiga extrema, irritabilidade, mau humor, ritmo cardíaco elevado mesmo em repouso, febre e uma incapacidade de se manter no nível anterior estão entre os sinais de que você está exagerando nos treinos.

Para os professores que orientam essas atividades, o overtraining acaba sendo um risco ocupacional. Um monte de instrutores de fitness acabam caindo nessa categoria porque malhar é o seu trabalho.

Além disso, os profissionais deve tomar cuidado com aqueles alunos que alunos que querem muitas exigências e que, certamente, terá uma lesão. Um bom profissional deve evitar que eles se machuquem. A criação de programas individualizados com pelo menos um dia  de descanso ajuda o corpo a ficar mais saudável.  E se o profissional identificar uma compulsão, deve encaminhar para o consultório do psicólogo. 

Os sintomas do overtraining podem incluir dores de cabeça constantes, insônia e dor muscular grave, bem como desempenho diminuído. Existem tantos benefícios no exercício, mas se a pessoa está se malhando excessivamente, mesmo os maiores benefícios, como o bom humor e o sono de melhor qualidade, começam a desaparecer.


Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.