Header Ads

Novidades das academias para verão 2011/2012






A cada ano, novas modalidades de exercícios surgem nas academias de ginástica, com o objetivo de entreter o aluno e fazê-lo manter a boa forma de maneira divertida. Atualmente, aulas lúdicas e antiestresse reinam nas salas do Rio de Janeiro. Para quem quer emagrecer até o verão, uma das grandes novidades é ficar suspenso por fitas presas no teto. Em média, gastam-se até 500 calorias em 50 minutos de exercício.

suspension core (Foto: Carolina Lauriano / G1)

A atividade usa aparelhos importados dos Estados Unidos e se chama Suspension Core. Na Bodytech da Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade, a aula começou a ser oferecida há cerca de um mês e, segundo os professores, fica lotada e com lista de espera.

Com dez ganchos fixados no teto - o que só permite que um professor e nove alunos façam a aula – a sala, quando cheia, mais parece mais uma cama de gato. Para os mais entendidos, o exercício é uma evolução do TRX, um treinamento feito em suspensão. Agora, com os aparelhos da aula nova aula, é possível fazer o movimento de rotação, além de mudar a altura do cabo.

suspension core (Foto: Carolina Lauriano / G1)

A carga é o próprio peso do aluno. O abdômen, principal alvo dos interessados em perder peso, é uma das partes do corpo mais trabalhadas durante as aulas. Além de gasto calórico, a atividade trabalha consciência corporal, amplitude, equilíbrio e força.

"É uma aula muito dinâmica, chama a atenção porque você fica suspenso, preso por uma corda, isso atrai as pessoas, foge do padrão de peso. É diferente de tudo que já se viu em academia", explicou Eduardo Netto, diretor técnico da rede.

Outra aposta da Bodytech para a queima de calorias é o Sportwall, uma parede com sinais luminosos que devem ser apertados com as mãos, os pés ou com bolas de diferentes tamanhos. A cada acerto ou erro, um som é emitido do grande painel, que conta com quatro tipos de jogos, com oito níveis cada um. O exercício possibilita a realização de uma série de atividades em circuito, além de gincanas, já que há pontuações.

Sportwall (Foto: Carolina Lauriano / G1)

Segundo Eduardo Netto, atualmente o exercício é oferecido durante as aulas de esporte com crianças e adolescentes, mas a expectativa é que professores incluam a atividade em treinamentos individualizados, com personal trainer. A previsão é que em novembro adultos já possam aderir à novidade.

"No Dia dos Pais eu trouxe pais e filhos e os adultos pareciam estar mais animados do que as crianças", contou o coordenador de esporte da academia, Carlos Eduardo Dalvi de Souza.

Boxe Fitness (Foto: Carolina Lauriano / G1)

Saco de pancadas
Para quem quer aliar emagrecimento à atividade antiestresse, a dica é a aula de boxe fitness, que usa técnicas do boxe tradicional - em um trabalho sem muito contato físico entre os alunos - com o dinamismo de uma aula aeróbia. Na sala, luva de soco, saco de pancada e corda.

"O gasto calórico é muito subjetivo, difícil de ser feito, mas eu diria que o valor é similar a uma aula de spinning. O boxe fitness é como queimar caloria de forma divertida, prazerosa, unindo estímulos para o corpo e a mente, para combater o estresse", explica Marco Antônio Ferreira, diretor técnico da Academia da Praia.

O lançamento da nova técnica foi feito pelo campeão mundial Acelino Popó Freitas no sábado (8).Os alunos da Academia da Praia poderão iniciar os treinos a partir de novembro.

De acordo com Marco Antônio, alunos de 8 a 80 anos podem fazer a aula. "São vários estímulos orgânicos diferentes aliados à muita diversão. O objetivo não é só gasto calórico, mas também fazer o bem a mente. A grande aposta da gente é o equilíbrio. A aula tem aquecimento, abdominais e movimentos básicos do boxe, sem muito contato físico, que é o lado da luta. Você pode dar pancadas à beça, você extravasa o estresse", explicou.

spinning plus (Foto: Divulgação)

Spinning turbinado
Já inventaram as aulas de spinning, com as bicicletas agrupadas; de running, com as esteiras enfileiradas; e agora tem a "spinning plus", que ganhou os aparelhos de transport na sala. A ideia de juntar bicicletas e elípticos (o popular transport) em uma mesma aula, com 55 aparelhos no total, partiu da academia Companhia Athletica, na Zona Oeste.

A nova atividade teve início há poucos dias. Segundo os professores, muitos alunos acabam fazendo duas aulas seguidas, cada uma em um equipamento.

Daniel Adler, sócio da academia, acredita que a novidade irá repetir o fenômeno que ocorreu há 15 anos com as aulas spinning, já que hoje, segundo ele, o transport ocupa grande parcela de aparelhos na musculação.

Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.