Header Ads

Exercício físico combate efeitos do HIV






A prática de exercícios físicos se transformou em aliado para combater a alteração da massa corporal em pessoas com o vírus HIV. A lipodistrofia é um dos efeitos causados pela medicação, que provoca aumento ou perda de gordura nas regiões do abdômen, entre os ombros, em volta do pescoço, nos braços, pernas, nádegas e rosto.

Pensando nisso, a Prefeitura de São Bernardo criou, em agosto do ano passado, uma academia destinada ao atendimento destes pacientes junto à rede municipal de Saúde. Em menos de um ano já colhe bons resultados.

"Observamos perda de gordura e ganho de musculatura. Os alunos também apresentam melhor equilíbrio e coordenação", explica a fisioterapeuta Regina Célia Cuattrin.

"Cada aluno tem um programa específico voltado para suas necessidades. Todos os equipamentos e exercícios usados são os mesmos das academias convencionais. Além disso, tem a troca de experiência com outras pessoas que vivem situações parecidas, o que melhora a autoestima", ressalta.

Até cinco pessoas participam das atividades em cada horário. Atualmente, são 68 pacientes, entre 18 e 75 anos, que frequentam as aulas duas vezes por semana. A academia está localizada na Clínica Municipal de Especialidades Médicas (Avenida Armando Ítalo Setti, 402, 3° andar, Baeta Neves), e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h.

Regina conta que os alunos são disciplinados, dificilmente faltam. Um dos participantes é o aposentado José Carlos Alberto, 49 anos, que há uma década descobriu o vírus.

"Além de apresentar um bom resultado, Alberto se tornou mais comunicativo e sempre está com um sorriso no rosto", avalia Regina.

O aposentado admite que a convivência com outras pessoas ajuda a superar os limites.

Ele revela que sempre recebeu apoio da família. "Tive câncer de intestino, passei por quimioterapia e nunca desisti."

Preocupado com a saúde e com a estética, Alberto já fez dez preenchimentos no rosto por ter perdido gordura e agora encara duas horas por semana os exercícios para fortalecer os músculos do corpo.

Fonoaudióloga e coordenadora do Ambulatório de Lipodistrofia do Programa de Aids, Karina Viviani de Oliveira Pessoa explica que as causas das alterações no corpo ainda são desconhecidas. "Não tem nada comprovado. Nem todos passam por isso, mas observamos que é mais comum entre homens brancos com mais de 40 anos", afirma.

Para a psicóloga da Pontifica Universidade Católica de São Paulo Edna Peters Kahhale, os benefícios da atividade física vão além dos resultados do corpo. "A autoestima melhora, previne a depressão, diminui os efeitos da medicação e ainda previne doenças cardíacas e respiratórias."

Fonte

Você não pode perder:

Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino
100 planos de aulas + 100 atividades de Educação Física Escolar
Drive Virtual de Educação Física

Tecnologia do Blogger.